Com Agência Senado

A necessidade urgente de duplicação da Rodovia BR-080, que liga Brasília a Brazlândia no Distrito Federal, foi apontada pelo senador Izalci Lucas (PSDB-DF) em discurso, nesta segunda-feira (24). O senador chamou a atenção para o aumento no número de mortes na rodovia e informou que, somente neste ano, 28 pessoas perderam a vida em acidentes. Izalci destacou ainda a morte, no último fim de semana, do ex-deputado distrital Juarez Carlos de Lima Oliveira, o Juarezão, vitima de um grave acidente nessa estrada.

O senador Izalci mencionou que a BR-080 é conhecida como “rodovia da morte” e que a bancada federal do Distrito Federal já destinou recursos para a duplicação que não foram utilizados por falta de execução.

“O que está impedindo a realização dessa obra é a falta de uma licença ambiental porque a rodovia passa por uma área de preservação e os pedidos de autorização acabam sendo negados”, avaliou.

O senador explicou que a liberação da autorização ambiental se arrasta há tempos e ressaltou que nos últimos 10 anos tem se empenhado para viabilizar a licença. Izalci também pediu às autoridades ambientais e órgãos do governo que cheguem a um consenso para que a duplicação se torne realidade, apesar de a rodovia passar por uma área de preservação.

— O que nós precisamos é encontrar uma solução para esse impasse, assim evitamos que mais vidas sejam perdidas, justamente pela falta de segurança dessa rodovia. A BR–080 já existe, foi autorizada por uma legislação anterior. Não tem sentido, já tem o asfalto, já existe a pista”, disse.