O Centro de Desenvolvimento Regional do Distrito Federal (CDR DF) deu um passo importante para consolidar o programa na região. Nesta quinta-feira (31), teve início a 2ª oficina do CDR DF para homologar a carteira de projetos pré-selecionados. O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) participou da solenidade de abertura do encontro que foi realizado no Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília.

A oficina é a etapa onde os pesquisadores irão defender seus projetos. O CDR DF e o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) pré-selecionaram 29 projetos de pesquisas. Todos eles atendem ao principal objetivo do programa que é contribuir para o desenvolvimento regional do DF e Entorno.

Para o senador Izalci, que foi o responsável por trazer o programa para o DF, o CDR contribuirá para impulsionar a economia do DF e cidades do Entorno. “Os CDRs são instrumentos que vão ajudar a gerar emprego e renda para o DF e sua região metropolitana, por meio dos seus projetos de pesquisas que visam contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região. Esse é um projeto que faço questão de acompanhar de perto”, apontou o parlamentar.

Além do senador Izalci Lucas, outros agentes públicos participaram da 2ª oficina como o presidente do CNPq, João Luiz Azevedo, a diretora do CGEE, Regina Silverio, o representante do MCTIC, José Silverio, o superintendente da Sudeco, Nelson Vieira, e o coordenador do CDR DF, Neantro Saavedra.