A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Acidente da Chapecoense faz audiência pública interativa na terça-feira (4) para debater os desdobramentos e as pendências indenizatórias em relação à tragédia, ocorrida em 2016. A reunião tem início às 9h05 na sala 3 da Ala Alexandre Costa.

Na ocasião, serão ouvidos o atleta Hélio Zampier Neto, da Associação Chapecoense de Futebol; a presidente da Associação dos Familiares e Amigos das Vítimas do Voo da Chapecoense, Fabienne Belle, e o advogado da entidade, Josmeyr Oliveira; o presidente da Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense, Fabiano Porto; o advogado Marcel Camilo; e a filha do então presidente da Chapecoense, Dhayane Pallaoro.

Em 28 de novembro de 2016, o avião que transportava a equipe da Chapecoense, a delegação do time, jornalistas e convidados caiu a poucos quilômetros de Medellín, na Colômbia, causando a morte de 71 pessoas. Investigações apontaram que a queda foi causada por falta de combustível.

Instalada em dezembro de 2019, a comissão é presidida pelo senador Jorginho Mello (PL-SC) e tem como relator o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), que deverá apresentar seu relatório em agosto de 2020.

Fonte: Agência Senado